Blog Shimejito

Biolitical - Capítulo 3

Afinal de contas, o que é a tecnologia?

Livro Biolitical

PROCESSOS DE EVOLUÇÃO TECNOLÓGICA
A tecnologia vai muito além do smartphone, do computador e de toda parafernália eletrónica que utilizamos hoje em dia. Tecnologia envolve uma série de processos que se apoiam em conhecimento adquirido para resolver problemas de uma forma mais eficiente que o existente.
Antes da escrita ser criada, o conhecimento era passado de forma verbal, obviamente muita informação era perdida. Após a escrita ser inventada, armazenar a informação em barro era limitado, fazer papiro era complicado e requeria escribas, escrever livros demorava muito, imprimir jornais concentrava a informação, escrever um tweet pode eleger energúmenos.
Eu quero deixar claro que toda evolução para resolver um problema sempre vai criar novos problemas, por isso é tão importante analisar bem todos os cenários de problemas que uma solução pode trazer após a sua criação. Não há uma fórmula mágica, mas é na cooperação e não na competição que podemos pensar em alternativas de tecnologias que facilitem a vida e deixem o menor impacto negativo possível.
Assim como na teoria da evolução das espécies, mecanismos bem implementados anteriormente podem ser aperfeiçoados, o processo de inovação é a peça chave para identificar problemas e organizar soluções para resolvê-los. A necessidade de ir do ponto A ao ponto B já existia, os carros já existiam, os táxis também, já uma aplicação que permitisse que alguém com uma vaga no carro e alguém que precisava de uma boleia interagissem não.
Facto curioso foi só a Uber virar uma corporação gigantesca presa a um sistema financeiro anti distribuição de riquezas, que de repente os motoristas passaram a ganhar cada vez menos, trabalhando mais horas, para sustentar a rede de sanguessugas especulativas que foi incorporada. Quem paga o preço disso além dos motoristas? Você, parabéns, esse é o seu papel.


MOTORES DE EVOLUÇÃO TECNOLÓGICA
Como mencionado anteriormente, a primeira necessidade para criar uma nova tecnologia é a identificação de um problema, mas nada adianta resolver problemas que não existem e esse é o principal conceito que você deve guardar.

Segundo, é muito importante que você verifique se é possível e plausível resolver esse problema identificado, aquele ditado: o que não tem solução, solucionado está. É mais do que correto, poupa tempo, paciência e energia.

Terceiro, meios. Se identificou o problema e viu que não existe uma solução melhor que a sua, que é plausível e possível, é hora de verificar se há meios de validar a sua ideia. Antes de sair gastando energia e dinheiro, verifique se as pessoas mais próximas de si possuem condições para cooperar na solução, dinheiro não é o único requisito. Pergunte a essas pessoas se elas concordam com a sua hipótese e se elas ajudariam a refinar o processo.

Quarto, utilizadores. Se a sua solução é destinada a um grupo de pessoas, empresas, institutos etc. valide com eles se utilizariam a sua tecnologia, se você quer fazer dessa tecnologia uma fonte de rendimento para si e para mais pessoas, pergunte também se eles pagariam e quanto pagariam para que o seu problema fosse resolvido. Se não há utilizadores, o problema não existe.

Por: Adriel Oliveira
2021-03-30

Visite-nos no Youtube

Conheça melhor a nossa comunidade.

Scroll Top

TOP